Easy London

Londres recebe cerimónia dos prémios europeus da MTV em 2017

"Londres será a cidade anfitriã da 24.ª edição dos prémios europeus de música (EMA, na sigla em inglês) da MTV, a 12 de novembro, foi ontem anunciado pelo canal de música na capital britânica.

Os prémios celebram as melhores atuações e os artistas do ano, sendo a cerimónia transmitida pela MTV, não só pela TV, mas também pelas redes sociais e plataformas digitais.

Para o presidente executivo da Viacom International Media Networks, “Londres é, indiscutivelmente, o epicentro global da música”, enquanto o presidente da Câmara Municipal de Londres, Sadiq Khan, saudou o regresso dos prémios mais de duas décadas depois da última cerimónia na cidade, em 1996.

Esta será a sexta vez que o Reino Unido recebe o evento, que também já se realizou em Edimburgo (2003), Liverpool (2008), Belfast (2011) e Glasgow (2014).

A cerimónia dos EMA acontece anualmente há mais de 20 anos em diferentes cidades europeias. Em 2005, os prémios foram entregues em Lisboa.

Cada canal regional da MTV atribui ainda um prémio a um artista local. Em 2016, o prémio “Best Portuguese Act” foi atribuído a David Carreira.!"

Fonte: Agência Lusa

Piccadilly às Escuras


"Os placards luminosos de publicidade de Piccadilly Circus, em Londres, apagaram-se hoje para uma renovação. As luzes apagaram-se hoje às 08h30 da manhã. Este será o período mais longo desde o Blitz, na II Guerra Mundial, em que as luzes se manterão apagadas.
A atual ‘parafernália’ de ecrãs vai ser substituída por um único ecrã gigante curvo em alta-definição. Até o novo ecrã estar pronto, eventualmente no início do próximo outono, será colocado um placard temporário de publicidade. O novo ecrã deverá ser o maior em toda a Europa e deverá ser composto por 6 publicidades diferentes, incluindo a Coca-Cola. Nele, está prevista também a divulgação de vídeos em streaming, bem como actualizações de algumas notícias, resultados desportivos e meteorologia. 
Os únicos momentos, depois de 1949, em que Piccadilly esteve às escuras foram durante os funerais de Winston Churchill e da Princesa Diana."

Fonte: Máxima